O que é reposição hormonal e quando fazer

O que é reposição hormonal
Lista de Conteúdo

Os avanços na ciência interligados à saúde nos despertou a importância e possibilidade de cuidarmos de nosso corpo em todos os níveis. Hoje traremos informações importantes sobre o que é a reposição hormonal, como se dá o processo, quando se faz e cuidados que se deve tomar. Você saberá de uma vez por todas, o processo de reposição hormonal.

 

De certa forma, é impossível alterar o ciclo da vida no estágio científico que nos encontramos, entretanto, minimizar e retardar seus efeitos já se tornaram realidade, em alguns tratamentos e procedimentos médicos. A reposição hormonal está dentro desses quadros possíveis e é de uma eficácia sensacional.

 

Venha com a gente e saiba mais sobre o que é a reposição hormonal, como funciona, quando fazer e muito mais! 

 

O que é reposição hormonal

Antes de tudo, é preciso entendermos que os hormônios são moléculas produzidas pelo sistema endócrino e que se fazem necessários em várias partes e processos do corpo. Os hormônios são responsáveis por áreas como a libido, fome, pressão sanguínea e muito mais. 

 

Já a chamada reposição hormonal, funciona como um procedimento terapêutico que trabalha para repor a queda hormonal, independente se em homens ou mulheres, advinda da chegada da idade.

 

A partir de uma explicação mais direta, o corpo humano está sempre produzindo hormônios que nos ajudam em vários aspectos do nosso corpo físico, mas também durante o dia a dia: 

 

  • Pele;
  • Cabelo;
  • Humor;
  • Sensações;
  • Peso (Kg);
  • Necessidades;
  • Entre outros.

 

Quando é chegado determinada idade, os hormônios deixam de ser produzidos em alta escala pelo corpo e passa a ser um dos motivos fomentadores interligados à chamada “velhice”. Sem dúvidas, não é possível parar no tempo, como citamos acima, todos iremos envelhecer. Entretanto, retardar a velhice e até minimizá-la frente a seus impactos tornou-se possível com a reposição hormonal. 

Quando fazer reposição hormonal

A reposição hormonal deve ser indicada por um especialista médico e geralmente isso ocorre em dois casos:

 

  • A baixa produção de hormônios pela idade;
  • A baixa produção de hormônios ocasionada por alguma doença;

 

Em relação à idade, na maioria dos casos o indicado é começar o tratamento de reposição de hormônios com um médico especialista, esta reposição pode ser realizada partir dos 35 anos mas atualmente vemos cada vez mais pessoas jovens com deficiências hormonais,  o motivo são os disruptores endócrinos que são substancias do dia a dia que reduzem e impedem a adequada ação dos hormônios.

 

O ideal é poder encontrar um Médico especialista em reposição hormonal.

 

Como e onde encontrar  médico para reposição hormonal

Em primeiro momento, você deve se perguntar se de alguma maneira se enquadra nos dois principais motivos que levam a necessidade de reposição hormonal: o passar dos anos (à partir dos 35 anos ); ou alguma redução hormonal inexplicada com sintomas como baixa libido, ganho de gordura corporal, cansaço e fadiga ou até alguma doença que dificulte a produção hormonal.

 

Sobre onde encontrar um médico especialista em reposição hormonal, clique aqui! O Doutor Vinícius irá lhe ajudar com imensa qualidade e eficiência.

 

Quais as formas de reposição hormonal?

 

As reposições podem ser feitas na forma de gel transcutâneo, adesivos, injetáveis ou ainda implantes subcutâneos, que são pequenas estruturas do tamanho de  um grão de arroz inseridos por baixo da pele que quando administrados corretamente, o sistema de liberação promove uma reposição segura e eficaz.

Na verdade esta via de administração permanece como a única via de liberação hormonal que mais se aproxima do que os ovários e testículos humanos fazem naturalmente. Esse método assegura a mesma liberação continua, 24hs por dia, 7 dias por semana, em pequenas dosagens semelhantes ao que o corpo humano costuma fazer.

Você não tem que colar adesivos de hormônios na pele, se “lambuzar” com cremes, ou lembrar-se de tomar pilulas. E ainda, você estará livre das variações hormonais de altos e baixos (efeito montanha-russa), no sangue, causadas pelos outros tipos de terapia. Os implantes hormonais ainda liberam hormônios no sangue, conforme a necessidade de cada momento do corpo humano, liberando mais ou menos hormônios quando muito ou pouco requisitados, por exemplo, durante exercícios e stress (muito) e no repouso (pouco), trazendo melhores e mais seguros resultados clínicos.

Cuidados ao fazer reposição hormonal

 

A reposição hormonal é um processo sério e que exige determinadas responsabilidades enquanto seus processos. Busquem um médico especialista nesta questão, pois apesar de na maioria das vezes serem indolor (via oral), a quantificação e especificação irá variar de acordo a cada tratamento. Procure um profissional extremamente qualificado. 

 

Gostou? Então continue com a gente e descubra o valor para fazer implante hormonal, clicando aqui!

 

Dr. Vinicius Andrade